Mensagem: Com quem você tem feito Alianças?

“E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás”.

0-9Quando erramos, nossas mentes e emoções criam obstáculos que, nos fazem pensar que Deus não irá nos ouvir, e que Ele não nos atenderá, por causa dos nossos erros e fracassos. Pensamos que Ele se afastou de nós sendo que, na verdade, nós é que nos afastamos d’Ele. Sentimos como se Ele estivesse longe, mas, na verdade, Deus continua perto e de Braços abertos para nós.

O Salmista Davi tinha um costume diferente. Quando ele tinha um problema, buscava somente a Deus. Não saia por aí murmurando a um e a outro sobre a sua situação. Isso faz toda a diferença! Nem todo mundo vive a Luz da Palavra para nos dar bons conselhos, precisamos buscar respostas somente em Deus.

“Mas ao ímpio diz Deus: Que fazes tu em recitar os meus estatutos, e em tomar a minha aliança na tua boca”? Deus não se satisfaz da pessoa ímpia que reclama direitos sobre Aliança com Ele. Sendo ela ímpia, como cobrará algo do Senhor? O Senhor nos deu livre arbítrio, Ele não nos impede de fazermos o que queremos, mas, para toda ação há uma reação. Ou seja, tudo que se planta também se colhe. Portanto, se temos uma aliança com o Senhor procurando viver dentro da sua Lei e honrando os seus estatutos, então, Ele nos abençoará em todas as coisas. Caso contrário Ele não tem obrigação nenhuma conosco.

Sabemos que o ímpio é aquele que conhece a verdade e não prática. Segue seus próprios interesses, consciente dos seus pecados. Então, estes não podem reclamar nos dias maus. Porque não estão aliançados com Deus. O pecado nos separa do Pai, quebra alianças.

Em II Crônicas 3.5, a bíblia nos conta a respeito de um homem chamado Josafá. E o Senhor era com Josafá; porque andou nos primeiros caminhos de Davi seu pai, e não buscou a Baalins (falsos deuses). Antes buscou ao Deus de seu pai, andou nos seus mandamentos, e não segundo as obras de Israel. E o Senhor confirmou o reino na sua mão, e todo o Judá deu presentes a Josafá, o qual teve riquezas e glória em abundância (2 Crônicas 17:3,5)

Josafá tinha muitas riquezas. Porém, por se sentir seguro e ver que todos gostavam dele, passou a confiar na força do seu próprio braço e já não pedia mais a direção do Senhor em suas decisões.  Então, aparentou-se com Acabe rei de Israel sem pedir a direção do Senhor. (2 Crônicas 18:1)

A Bíblia diz de Acabe, “…fez muito mais para provocar à ira do Senhor Deus de Israel do que todos os reis de Israel que o antecederam” (1 Re 16.33). Então, como pôde um rei íntegro como Josafá se associar com um homem ímpio como Acabe?

Josafá havia purificado a terra, expelindo todos os ídolos de Baal e matando os profetas idólatras. A esposa diabólica de Acabe, Jezabel, adorava a Baal, e ela sabia o que Josafá tinha feito aos seus ídolos. Mesmo assim, Josafá se aliançou com estes. Naquele tempo era comum um rei fazer aliança com outro com intenção de fortificar, unir os exércitos.

Acredito que Josafá tinha convicção de estar agindo corretamente quando ele prometeu unir-se a Acabe em guerra. De fato, as Escrituras dizem: “Disse mais Josafá ao rei de Israel: Consulta primeiro a Palavra do Senhor” (2 Crônicas18.4). Ele disse: “Vamos pedir ao Senhor sua opinião sobre o assunto. Nós não agiremos até ouvirmos dele!”

Assim Acabe chamou seus quatrocentos falsos profetas: “Eles disseram: “Sobe, porque o Senhor a entregará nas mãos do rei” (v.5). Todas as quatrocentas vozes concordaram: “É correto ir para a guerra”. Deus esta contigo!” Mas Josafá não ficou convencido. Perguntou para Acabe: “Não há aqui ainda um profeta do Senhor para o consultarmos?”(v. 6). Josafá queria ouvir de um homem que ele soubesse ser santo. Então Acabe chamou o profeta Micaías que tinha sido encarcerado por falar a verdade. Quando Micaías apareceu, este homem destemido zombou de tudo o que tinha acontecido. Até mesmo profetizou a morte de Acabe dizendo: “[...]Vi todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor…”(verso 16). Ele estava dizendo: “Você vai morrer em batalha, Acabe. E o povo de Deus será espalhado pelas colinas!”

Era esperado que Josafá ouvisse o recado do Senhor, mas mesmo assim, inacreditavelmente, o verso 28 declara: “Subiram, pois, o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, a Ramote-Gileade”. Josafá marchou para guerra com Acabe – ignorando totalmente a advertência de Deus!

Mesmo assim, ironicamente, Acabe foi morto por uma seta que perfurou através de uma abertura minúscula em sua armadura. E de repente, Josafá foi cercado por soldados inimigos que estavam prontos para o cortarem em pedaços. O rei percebeu que estava diante da morte e clamou a Deus por misericórdia. As escrituras nos dizem “…e o Senhor o socorreu, e os desviou dele”(v.31).

Assim são alguns cristãos, não ouvem a voz do Senhor e se aliançam com pessoas ímpias. A Escritura nos fala que a história de Josafá terminou tragicamente, pois ele se aliançou com Acazias o filho de Acabe que reinou depois de sua morte: “Depois disto Josafá, rei de Judá, se aliou com Acazias, rei de Israel, que procedeu impiamente” (cap 20.35). Josafá cometeu o mesmo erro! Ele se aliou com o ímpio Acazias da mesma maneira que havia feito com Acabe.

Os planos de Acazias era construir barcos para atravessar mercadorias para a cidade de Társis. Até aqui, tudo estava certo. O problema é que nenhum consultou a Deus e na primeira viagem o barco se despedaçou.

Porém Eliezer profetizou contra Jeosafá, dizendo: “Porquanto te aliaste com Acazias, o Senhor despedaçou as tuas obras. E os navios se quebraram, e não puderam ir a Társis”. (v.37)

Amado leitor, a Bíblia é muito clara neste assunto: “Não faças amizade com o iracundo; nem andes com o homem colérico; para que não aprendas as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma” (Provérbios 22.24-25). “Mas aos que se desviam para os seus caminhos tortuosos, levá-los-á o Senhor juntamente com os que praticam a maldade…”(SL 125.5).

Tome uma posição hoje. Se você tem amigos ímpios em seu círculo de amizades ou negócios, busque em Deus a direção e fuja daqueles que estão fora da Palavra de Deus! Deus em sua misericórdia o livrará dos laços do inimigo, como fez a Josafá. Mas o fato é, não podemos deixar de ficar alerta às tentativas de Satanás. Não faça alianças com alguém que possa destruir a obra de Cristo em você.

Por outro lado, um verdadeiro amigo cristão sempre tomará a Palavra de Deus em qualquer assunto.  A escolha sábia e cautelosa de suas amizades e negócios é uma preocupação para a vida toda. Que todas as suas alianças tragam glórias ao Nome do Senhor, amém!

Tita Batista.

The following two tabs change content below.
Tita Batista

Tita Batista

Tita Batista

Últimos posts do Tita Batista (Veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>